terça-feira, 18 de novembro de 2014

Eleições: direitos e deveres do cidadão consciente

           
            Em entendimento de que a educação formal não se reduz apenas ao ensino de conteúdos, mas também na formação de valores que contribuam para um cidadão crítico e consciente de seu papel na sociedade, o projeto que aborda o tema eleição foi trabalhado em sala de aula.
            Com o objetivo de trazer a compreensão do processo eleitoral e participação crítica, utilizei como estratégia pedagógica debates e simulação de campanha eleitoral.
            Para iniciar, conversamos sobre eleição como um direito e dever do cidadão e aprendemos quem pode candidatar-se e quem pode votar. Neste momento, abordamos a questão “ficha limpa” simulando quais alunos seriam “ficha limpa” a partir de alguns critérios como: frequencia, comportamento e rendimento.
            A partir da seleção dos candidatos à eleição, abordamos a importância da elaboração de projetos de governo atendendo às necessidades do local e da análise crítica de tais projetos por parte dos eleitores.
            As turmas perceberam a necessidade da propaganda eleitoral como forma dos candidatos tornarem públicos os seus projetos e viram as diversas formas de propaganda.
            Tomaram conhecimento da evolução das urnas no momento do voto, entendendo que o voto é secreto.
            Dando seqüência, foi realizada a votação, com a participação de presidente de mesa e mesários.
            Para finalizar, foi feita a contagem de votos na presença de “fiscais”.
            Através do projeto, foi possível perceber, por parte das crianças,  um interesse maior pelo processo eleitoral vivenciado por todos no país.











            

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita e não esqueça de deixar um recadinho!